Jeff Beck ao vivo no Japão na tour de ‘Who Else’ – show completo.


Imperdível. Um dos melhores registros do mestre ao vivo, na turnê que marcou sua volta, depois de quase uma década sem discos próprios (Crazy Legs, um tributo a Cliff Gallup, e Frankie’s House, trilha de um documentário, foram lançados nesse ínterim, mas não sob o nome de Beck).

Para variar, montou uma super-banda, composta pela virtuose do tapping, Jennifer Batten, que ficou a cargo dos riffs modernos e das partes de sintetizador de Jan Hammer e Tony Hymas (infelizmente, não reproduziu o Rhodes magnífico de Max Middleton), o baixista Randy Hope-Taylor e Steve Alexander nas baquetas.

Beck é conhecido por ser irregular em sua performance – se num dia não está inspirado, a mágica não acontece. Mas, quando está… E esse registro, definitivamente, captura um dia iluminado. A primeira música ainda revela um Beck aquecendo… da segundo em diante, no entanto, pega fogo.

Enjoy.

Anúncios

~ por Paulo Grua em 05/11/2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: